domingo, 11 de novembro de 2012

"Que sufoco, louco!"


Corra, você só tem um ano.
Corra, faltam três meses.
Não corra mais, falta uma semana, mas permaneça caminhando.
É hoje! Dê o melhor de si.
- Quantas coisas passam pela sua cabeça em momentos decisivos da sua vida? É difícil lembrar detalhadamente.
Coração acelerado. Faltam trinta minutos. Chute três questões, passe para o gabarito. As mãos tremem. 
- Por que você quer tanto isso? É só uma prova. É só uma Universidade. A vida é muito mais que isso.
Flashback: Um ano atrás
- Qual é o seu maior sonho? 
- Passar na Unicamp em Letras, ser professora e conseguir mudar para melhor a vida de algumas pessoas.
- Não é só uma prova... O tema da redação era pessimismo. Os céus estão mandando um sinal?
- Mas você aparentemente foi melhor que o ano passado, por que está tão triste?
- Eu não sei, estou sentindo um vazio tão grande. Ocupei minha vida com o vestibular e agora não sei o que fazer e eu não sou uma pessoa otimista.
Silêncio.
- Vou dormir, está tarde, estou com saudade da pessoa mais aleatória do universo e estou exausta. Sinto tanta falta de escrever de verdade, não só desabafos ou crônicas sem conteúdo. Bateu uma solidão danada agora. Tudo que eu preciso é um corpo quentinho que envolva sentimentalismo bobo para eu confundir as pernas e um pouco de otimismo. Mas isso é quase impossível.
- Um abraço serve?
-Um abraço seria maravilhoso.
- Enxuga essas lágrimas, menina. Você é muito mais que um número.

Um comentário:

  1. Gostei muuito do texto!! E isso é sim escrever de verdade, porque é o que sentes no exato momento em que escreves. Sei disso porque também ocupei minha vida com o vestibular e esse ano as incertezas se duplicaram! Permaneça caminhando e dê o melhor de si, que isso tudo irá passar.

    ResponderExcluir