sábado, 19 de junho de 2010

Let me get what I want

- Alô?
- Oi! É a Marcela, não fala nada ainda, quero lhe contar umas coisas, que... se eu não falar logo, perco a coragem.
- Ãhn?
- Shhhhiu! É o seguinte, mamãe me disse que eu preciso ser mais amável, demonstrar mais meus sentimentos senão eu vou perder todo mundo. Eu juro que achei que era mentira, ela falou isso semana passada. Estou desde aquele dia remoendo isso. Você sabe como eu sou, quando "encuco" com uma coisa não desisto. Meu cachorro morreu mês passado, será que ele foi embora porque achou que eu não amava ele? SERÁ JOÃO? Talvez não.Ninguém morre de amor né? Os seres humanos pensam que morrem, mas não morrem não, não morri ainda. Preciso parar de pensar besteira.
Pausa.
- João, você ta aí?
- O que f...
- Shhiu, não terminei ainda! A três dias atrás meu gato morreu... perdi meus dois amores. Passei três dias chorando. Será que existe céu para os animais João? Eu estou repetindo muito seu nome João? Eu senti falta de pronuncia-lo, faz tempo que não nos falamos. Acho que você nem lembrava que eu existo né?Tudo bem...
Pausa.
- Bom, eu te liguei mesmo porque eu perdi meus dois amores. Mas desta vez não estou-lhe procurando só para pedir ombro amigo não. Eu perdi um pedaço do meu coração mas ganhei coragem e esperança. Ô João, vamos sair, lembrar dos velhos tempos?
Pausa.
- Ok, isso foi um não né? Entendo. Tchau...
- Não Marcela! Espera, hoje lançou um filme legal no cinema. Te encontro as 16h40, leva dinheiro pra pipoca tá?
- So lovely, so lovely, so lovely... - Ela repetiu isso até perceber que ele já havia desligado. Ter esperança, criar expectativas, as vezes não é tão ruim.

6 comentários:

  1. Às vezes é bom deixar o pensamento positivo tomar conta de nós, mesmo que isto aconteça nas situações mais difíceis.
    Deixaste-me curiosa quanto ao encontro dos dois. Mas, achei teu texto encantador.
    Beijos, @pequenatiss.

    ResponderExcluir
  2. Amei, essa semana fiz algo muito parecido. Mas foi pessoalmente. Criei coragem, e fui com tudo, e nem foi tão "ruim" quanto eu imaginava.

    ResponderExcluir
  3. Criar expectativas não é tão ruim, e esse texto me fez pensar que talvez eu não esteja tão errada.
    É um belo texto, continue nos encantando sempre :D

    ResponderExcluir
  4. Esqueci de dizer, mas eu deixei dois selinhos pra você lá no meu blog.

    http://coracao-nomade.blogspot.com/2010/06/selinhos.html

    ResponderExcluir
  5. Não só me identifiquei com os sentimentos dela, como também temos o mesmo nome. Engraçado isso, heh. :)
    Mas, olhe. Meus maiores amores são dois gatos. Ou três. Não sei, meu coração ama gatos. Só sei que criar expectativas nunca é demais. Ela agiu corretamente. Recomeçar de novo é um lema que precisa entrar nas minhas listas. Ótima crônica, um beijo @nasaneeds

    ResponderExcluir
  6. Você escreve o que sente, e isso é bom.
    Seguindo aqui, voltarei mais vezes.

    http://rebecarocha14.blogspot.com/

    ResponderExcluir