segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Em ritmo acelerado


Todos em seus devidos lugares.
A corrida começa. O amor larga em primeiro lugar, lento porém ganhando espaço, ultrapassando barreiras e vencendo limites. Até que para sua surpresa, surge a decepção. Trazendo consigo a mentira e a omissão. O ódio acorda para os fatos e vai para a corrida, ganhando um espaço significativo. Todos duelam, arrancando faíscas uns dos outros. E nenhum dos oponentes parecem desistir. Á essa altura estão um tanto cansados. E para o espanto dos espectadores, surge a esperança, essa por vez caminha lenta, arrastando consigo o afeto e a ternura. A corrida volta ao ritmo acelerado, e todos os jogadores colidem. O medo nasce, firme e forte, vindo á correr de depressa, os motores funcionam rápido demais, prestes á fundir. Até que acontece á explosão. E como setas, todos os oponentes se unem ao concorrente inicial, o amor. Que vence, mesmo causando tantos estragos. Se isso é bom ou ruim, eu ainda não sei.

2 comentários:

  1. Que lindo. *-*
    Eu acho que é bom, pq tudo que leva ao amor é valido.
    Já conhece a Delittus ?
    Ouve lá, depois me diz o que acha.
    www.myspace.com/delittus
    bjs

    ResponderExcluir