quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Fez-se mar

Dos dez aos doze anos eu não importava-me tanto com os acontecimentos diários ou com o "amanhã". Vivia em terra firme, em segurança com as minhas escassas responsabilidades.
Aos treze decidi caminhar da terra firme até uma ilha. Descobri que para sair de terra firme é necessário arriscar-se. Durante dois anos vivi de uma ilha para outra, os anos passaram-se rápido. A cada escolha o pouco de terra firme sob meus pés foi diluindo-se ao mar de sentimentos que inundava meus dias.
Dois mil e dez fez-se mar, com tantas escolhas que eu tive que tomar. Mergulhei, pois procurar terra firme onde não se há nada, é retroceder. Nadei, continuarei a nadar, e hei de sobreviver. Eu gosto do mar, você não sabe o que uma onda pode trazer-lhe. Terra firme agora só um pouco antes da morte, caminho para baixo da terra, onde você não tem escolhas, mas também não tem nada a receber.
Mesmo assim penso que morte pode ser um tipo de "transcendência". Mas isso é outro assunto á ser analisado. Compre biscoitos e venha para o chá das cinco ano que vem. Através do universo vamos descobrir além do superficial.
Fez-se mar caros leitores, continuem a nadar.

Ps: Pretendo postar alguma coisa ainda este ano. Graças a vocês meu blog cresceu muito, minha escrita melhorou, e eu amadureci bastante com alguns conselhos.

7 comentários:

  1. O texto está fantástico, Pequena Lovegood. Também gosto muito do mar (:

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que a ajudamos de alguma forma. Pelo menos comentando já é um início, né? :}

    Sim, continuarei a nadar. Para chegar a ilha (nível) em que você está.

    ResponderExcluir
  3. O mar é um encanto e um lugar dotado de mistérios. Por isso me atrai. Gosto do desconhecido, improvável, misterioso.
    Peço-lhe desculpas por não ter mais aparecido por aqui. Mas agora de férias, espero colocar isso em dia. E espero que você nos presenteie com mais textos ainda esse ano, linda.
    PS: Sua carta, bem como a sua para mim, terá algo diferente e único. Espere e verás. Um grande beijo da @pequenatiss.

    ResponderExcluir
  4. Textos simples e dotados de elegância ao mesmo tempo. Este, está fantástico Lana. O mar contém algo que me cativa, que me encanta, não sei como, mas sinto que poderia passar o dia todo apreciando-o. E vamos nadando. À propósito, belíssimo blog.

    ResponderExcluir
  5. Muito bem escrito! Dos poucos textos que li, já gostei do blog! ;)

    Continue nadando!

    ResponderExcluir