sexta-feira, 5 de junho de 2015

Conheço tua escrita, Ana
conheço teu sorriso bonito
e teu jeito sacana
de esconder qualquer conflito
de uma vida mundana
enquanto teu coração segue aflito.

Eu queria que você estivesse viva.
Minha paixão pesa como pedra.

Um comentário: